Há quem goste delas curtas, há quem as aprecie mais longas, mas para nós o tamanho não importa, uma história merece sempre ser contada.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

O Inverno e a Aldeia - 4

Documento nº3, caixa 12, tipologia: cópia de registo simples/ a destruir

Albergaria Nossa Senhora dos Pinhais
Travessa do..., nº 4, Lugar de Magusteiro

Nome completo: Joaquim ????
Proveniência: Aldeia de São Vicente da Lua
Entrada: 11/Outubro/195...
Saída: ND
Pagamento: ND
Observações: o rapaz estava vizivelmente perturbado e bastante (letra ilegível) muito nervozo só sei que era de São Vicente porque deixou cair uma fotografia de uma rapariga com a igreja de lá por tráz e dizia para Joaquim, com amor, Conceição.
(linha em branco)
Tentei cumprir as ordens do patrão e pôr o hóspede na rua, mas ele começou a (letra ilegível) e atacou-me (letra ilegível). Sem sinais de embriaguez mas com (ilegível) nas unhas.
(duas linhas em branco)
Nota à parte, colada no registo:
Patrão, se quizer que eu continue ao vosso servisso não fasso mais o turno da noite. Tenho filhos a criar e (completamente ilegível)
(uma linha em branco)
Nota à parte, colada no registo: Patrão, vou-me embora com os meus filhos para longe daqui. Não se preocupe com as contas. Fique com Deus.

Conclusão: registo e notas escritos por Manuel Silverino, viúvo, funcionário da Albergaria Nossa Senhora dos Pinhais de 1940 até à data do presente registo, n.1919, pai de Guilhermina Silverino n. 1939 e Manuel Silverino Filho, n. 1942.
Paradeiro de Manuel Silverino: desconhecido.
Paradeiro de Guilhermina Silverino: desconhecido
Paradeiro de Manuel Silverino Filho: desconhecido.

5 comentários:

Nuvem disse...

Ó "melher" tu andas inspirada :)
E adoro as cartas, os erros gramaticais.. perfeito!!!

Ana C. disse...

Os erros são mesmo da Melissa :)
Para quem ia dar um tempo não conseguiste controlar-te, entendo é bom demais para largar durante muitos dias...

Ana. disse...

Bolas Mel!
Adorei!
Que mistério, que êxodo é este?

Dá vontade de roer as unhas!!
;)

Melissinha disse...

hahahahahaha a Anacê tá com humor de grávida.

Ó pá atropelei-me (e a vcs) um bocado, sorry. É que se não fosse agora, era só no weekend.

Miguel disse...

Esta deve ser a história com mais ritmo até hoje!! Não posso virar costas e já houve outra volta!!
Mas tenho umas ideias... para mais logo!!