Há quem goste delas curtas, há quem as aprecie mais longas, mas para nós o tamanho não importa, uma história merece sempre ser contada.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O Palpitar da Paixão

Gina olhou-se mais uma vez ao espelho e com a mão trémula limpou as lágrimas que rolavam pela face sem permissão.
Sabia que o tempo se limitara a acariciar a sua pele, investindo-a de pequenas, quase imperceptíveis rugas que mal faziam história, mas mesmo assim sentia-se a mulher mais antiga do mundo.
O final do seu casamento com um homem que nunca a amara de verdade, seguido de um divórcio tumultuoso, em que ele arranjara forma de ficar com os dois filhos menores e de a deixar sem nada, investira-a de uma força que não sabia possuir. De dentro de si nasceu uma verdadeira leoa, disposta a lutar com unhas e dentes pelas suas crias, nem que para isso fosse preciso virar a sua vida do avesso.
E fora precisamente isso que fizera. Apesar de ser uma mulher culta e sensível não teve qualquer problema em candidatar-se àquele lugar de governanta na célebre Mansão de Netherfield.
O seu proprietário, um viúvo austero e solitário, que nunca recuperara totalmente da trágica morte da sua esposa, era conhecido pelos seus ataques de ira para com o pessoal de serviço. Mas nem isso, nem o facto de ser a sétima governanta a candidatar-se no espaço de um ano, a dissuadiram da entrevista a que estava prestes a submeter-se.
Disfarçou as lágrimas o melhor que conseguiu. Prendeu o seu longo cabelo loiro com um grosso elástico. Deteve-se cautelosamente na escolha da roupa a usar, pois não poderia mostrar de mais, nem de menos. Sabia que tinha que ser sensata, agora mais do que nunca. Precisava daquele trabalho, de recuperar os filhos, de dar a volta por cima da sua própria vida. Não podia falhar logo na primeira etapa. A entrevista tinha que ser perfeita. Por isso revelaria apenas o estritamente necessário.
Apesar de possuir umas pernas bem torneadas, deixaria apenas adivinhar os seus contornos sob a saia comprida. Os seus seios, firmes e generosos, surgiriam escondidos debaixo de um tímido decote.
Teria que encarnar a governanta perfeita. A mulher capaz de gerir uma casa de tradição sem pestanejar. Capaz de engolir um insulto sem perder a pose. Teria que ser alguém que não era de todo e isso era o que a deixava mais nervosa.
Foi com o coração em sobressalto que passou os portões da imponente propriedade. Olhou em volta e percebeu que estava perante uma paisagem de cortar a respiração, a imensidão de verde, salpicada de quando em vez por um contorno de céu, deixou-a deslumbrada e pensou que quem quer que vivesse ali não poderia ser uma pessoa tão gelada quanto a pintavam.
Seguiu a pé pelo caminho empoeirado que conduzia à mansão, ajeitou mais uma vez o cabelo um pouco desalinhado e respirou fundo, projectando o peito bem para fora, desenhando uma curva que se confundia com a bucólica paisagem.
- Onde é que pensa que vai?!
Gina olhou na direcção daquela voz rouca e viril que arrepiou cada recanto da sua pele e não queria acreditar no que os seus olhos viam...

Nota de Rodapé: Meninos e Meninas isto não sou eu. Foi a Corin que encarnou em mim, por favor, nada de confusões...

16 comentários:

Kitty disse...

Maravilho estou a adorar, força nisso ahahahaha :o)
Continua e dá-lhe com força Miguel! ahahaha

Melissinha disse...

É A P DA L!!!!

Ana C. disse...

Kitty dá-lhe com força? Sua grande porca!

Ana C. disse...

Melissa isso quer dizer o quê? Puta da Loucura? Eh eh
Quem é que escreve agora?

Miguel disse...

Hmm, com que então temos uma mulher madura com pernas torneadas e seios generosos e firmes, hem??
Isto promete...
Eu escrevi a última por isso que avance outra! Acho que é a Melissa.

Sílvia disse...

Oh sim senhora :)

Escrevam, escrevam eh eh

Kitty disse...

Então, afinfa-lhe Melissa ahahahaha

Ana C., o Miguel passou a bola, deve estar fraquinho fraquinho fraquinho ahahahahah

Melissinha disse...

Ok, mas ao contrário do que porventura pareça sou muito beata com cenas de sexo. A ver vamos.

Ana C. disse...

Miguel foi o mais foleiro e típico que consegui. Sei que vais desbundar com a mulher madura e bem torneada :)

Ana C. disse...

Sílvia sempre te vais entretendo nas férias :)

Ana C. disse...

Melissa beata estamos à espera :)

Melissinha disse...

Amanhã, amanhã!
(Ups amanhã é sábado)
Pá, o tema é-me querido e tenho de escrever um capítulo à altura!
Muita pressão!

Clementine Tangerina disse...

GInaaaaaaaa upaaaa upaaaa!! isto já anda assim!!!

Melissinha disse...

Não me esqueci! Ando é cheia de coisas para fazer e sem tempo - nem água.

Nuvem disse...

AIAIAIAIAIAI

uma pessoa aqui à espera da continuação que não chega...
lolol
então???

Ana. disse...

Sempre que me deparo com alguém com este nome, imagino uma cena à Bond: My name is Gina... VaGina!!
So sorry, mas não consigo evitar!!

;)